Importância da drenagem linfática no pós-operatório

Você provavelmente já ouviu alguém afirmar que “qualquer cirurgia tem um risco” e isso é verdade. Principalmente no pós-operatório, os cuidados devem ser realizados de forma a recuperar completamente o paciente. Assim, algumas orientações como ajustes na alimentação, uso de medicamentos e repouso costumam ser necessárias.

Entretanto, existe uma outra dica muito importante: a execução da drenagem linfática. Além de ajudar com o inchaço e retenção de líquidos após a cirurgia, o procedimento é benéfico também para a recuperação do paciente.

Confira no texto abaixo quais são os benefícios da drenagem linfática e como ela pode contribuir para o sucesso do pós-operatório.

 

O que é?

Desenvolvida nos anos 1930, a drenagem é um tipo de massagem que tem como principal objetivo estimular o funcionamento do sistema linfático. Esse sistema é responsável pela condução do excesso de líquido das células. Assim, durante o procedimento, os movimentos realizados ajudam os líquidos a serem eliminados do organismo.

A eliminação é feita através dos linfonodos, também chamados de gânglios linfáticos, e estão presentes:

  • atrás da cabeça e orelhas;
  • no pescoço;
  • abaixo da mandíbula e queixo;
  • nas axilas; e
  • na virilha.

 

O procedimento é ótimo para diminuir inchaços

 

Como é feita?

Podendo ser realizado manual ou mecanicamente, o procedimento envolve uma massagem em que manobras são usadas para esvaziar os gânglios linfáticos. Como eles são responsáveis pelo inchaço após as cirurgias, é importante que esse esvaziamento ocorra. Assim, os líquidos são direcionados para eliminação por meio da urina.

Quando a drenagem linfática é realizada durante o pós-operatório, os movimentos devem ser feitos de forma mais suave por conta da sensibilidade da região. Mesmo assim, pode ser feita em diversas partes do corpo como tórax, abdômen, membros e rosto. Além disso, não existem contraindicações para o procedimento.

Ainda, a drenagem já faz parte da lista de indicações para recuperação de intervenções como abdominoplastia, blefaroplastia, enxerto de gordura, lipoaspiração, mamoplastia, rinoplastia, entre outros.

 

Quais os benefícios?

Os benefícios da drenagem linfática no pós-operatório são inúmeros. Apesar de ser normal sofrer com dores, inchaço e desconforto, é justamente nesses pontos que o procedimento pode ajudar porque:

  • diminui a retenção de líquidos e inchaço;
  • alivia as dores e o desconforto;
  • acelera a cicatrização, evitando fibroses;
  • hidrata e remodela a pele;
  • combate a gordura localizada.

Não há um momento ideal para se começar o tratamento. Entretanto, o médico responsável deve ser sempre consultado antes de iniciar as sessões de drenagem. Afinal, o número de sessões varia de acordo com a cirurgia realizada. Além disso, é fundamental também procurar um bom profissional para o procedimento.

Se você quer saber como os produtos da PONCE podem ajudar no pós-operatório, visite o nosso site e não deixe de conferir os conteúdos do blog. Para entrar em contato, é só nos chamar pelo WhatsApp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *